Edital Delegado MG: resultado da prova de títulos

Edital Delegado MG: resultado da prova de títulos

Foi publicado o resultado da prova de títulos do concurso Delegado MG. Confira aqui!

Além disso, saiu a relação provisória dos candidatos aprovados na Prova Oral do concurso Delegado MG, realizada no período de 28 a 31 de março de 2022.

  • Concurso Delegado MG
  • Status: resultado provisório prova oral / resultado da prova de títulos
  • Banca: FUMARC
  • Vagas: 62
  • Salário inicial: R$ 12.967,43
  • EditalEdital PC MG Delegado 2021

O edital oferta aos candidatos 62 vagas. De acordo com o órgão, a remuneração inicial é de R$ 12.967,43.

Para se tornar um Delegado, é preciso preencher os seguintes requisitos: ter idade mínima de 18 anos completos na data da posse, ser brasileiro nato ou naturalizado, estar em dia com as obrigações eleitorais e, em caso de candidato do sexo masculino, também, com as militares, estar em pleno exercício de seus direitos civis e políticos e possuir o título de bacharel em Direito.

curso assinatura delta

Assinatura Delta

Conheça os planos

Prepare-se com o melhor material e com quem mais aprova em Concursos Públicos em todo o país. Assine agora a nossa Assinatura e tenha acesso ilimitado* aos cursos para Delegado de Polícia.

Delta PC MG: Análise de Edital

Quer saber mais sobre cada uma das principais disposições do edital de forma aprofundada e esquematizada? Então, confira a Análise de Edital apresentada pelas professoras Jakelline Barros e Bruna Caracho no canal do Estratégia Carreira Jurídica no Youtube!

Concurso PC-MG Delegado – Análise de Edital

Edital Delegado MG: Análise.

Edital Delegado MG: Situação atual

Principais informações

Inscrições: 11 de outubro a 9 de novembro de 2021
Isenção:
11 a 13 de outubro de 2021
Taxa: R$ 210,00
Provas:
19 de dezembro de 2021

Edital Delegado MG: Carreira

Cargos, vagas e remuneração

Cargo Vagas Remuneração
Delegado de Polícia Substituto62 R$ 12.967,43
PC MG Delegado: tabela de cargos, vagas e remunerações

Requisitos

Para se tornar um Delegado, é preciso preencher os seguintes requisitos: ter idade mínima de 18 anos completos na data da posse, ser brasileiro nato ou naturalizado, estar em dia com as obrigações eleitorais e, em caso de candidato do sexo masculino, também, com as militares, estar em pleno exercício de seus direitos civis e políticos e possuir o título de bacharel em Direito.

Etapas de provas do edital Delegado MG

1) Provas de Conhecimentos:

  1. Prova Objetiva (eliminatório e classificatório) – FUMARC
  2. Prova Dissertativa (eliminatório e classificatório) – FUMARC
  3. Prova Oral (eliminatório e classificatório) – FUMARC

2) Avaliação Psicológica (caráter eliminatório) – FUMARC

3) Exames Biomédicos e Biofísicos (caráter eliminatório) – FUMARC

4) Provas de Títulos (caráter classificatório) – ACADEPOL

5) Investigação Social (caráter eliminatório) – ACADEPOL

Prova objetiva

Prova Objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, foi realizada em Belo Horizonte, e teve duração mínima de 2h e máxima de 4h30min, sendo aplicada no dia 19 de dezembro de 2021, no turno da manhã.

A prova foi composta por 70 questões de múltipla escolha com quatro alternativas, divididas por disciplinas do seguinte modo:

a) 10 questões de Direito Administrativo.
b) 10 questões de Direito Civil.
c) 10 questões de Direito Constitucional.
d) 10 questões de Direito Penal.
e) 10 questões de Direito Processual Penal.
f) 05 questões de Direitos Humanos.
g) 10 questões de Medicina Legal.
h) 05 questões de Noções de Criminologia.

Cada questão da Prova Objetiva teve valor de 1 ponto. Foi considerado aprovado na Prova Objetiva o candidato que obteve o mínimo de 60% das respostas corretas.

Prova dissertativa

A Prova Dissertativa, de caráter eliminatório e classificatório, será realizada em Belo Horizonte, em data a ser divulgada quando da publicação do Resultado Final da fase anterior.

Somente serão convocados para a Prova Dissertativa os 620 candidatos de melhor pontuação, dentre estes já
incluídos os 62 candidatos com deficiência. Todos os candidatos de mesma nota na posição 558º para os candidatos de ampla concorrência, e na posição 62º para os candidatos com deficiência serão convocados para se submeterem à Prova Dissertativa.

A prova dissertativa teve duração máxima de 4 horas, com permanência mínima de 2 horas. Ela versará sobre os seguintes conteúdos:

a) Direito Administrativo.
b) Direito Constitucional.
c) Direito Penal.
d) Direito Processual Penal.

A Prova Dissertativa valerá 40,00 pontos e consistirá de 02 questões dissertativas por cada disciplina, valendo cada questão 5 pontos. Ela tem por objetivo avaliar o conteúdo – conhecimento do tema e a capacidade de expressão na modalidade escrita. O candidato deverá produzir, com base em temas formulados pela Banca Examinadora, texto dissertativo, primando pela coerência e pela coesão.

As questões deverão ser respondidas em até 20 linhas.

Cada questão que compõe a Prova Dissertativa será corrigida conforme os critérios a seguir:

a) compreensão/conhecimento do conteúdo proposto e propriedade da resposta;
b) argumentação apropriada relevante e suficiente em relação à questão proposta;
c) fundamentação legal da resposta.

Na realização da Prova Dissertativa, será permitida, após inspeção prévia, a consulta apenas à legislação não comentada (“lei seca”), sem anotações de qualquer espécie, sejam estas da própria edição da obra ou inseridas pelo usuário, excetuadas meras e pequenas remissões a artigos, incisos e alíneas ou a outros dispositivos legais, devendo para tanto, cada candidato levar seu próprio material para consulta. Também será vedada a consulta às Exposições de Motivos da Legislação.

Será considerado aprovado o candidato que obtiver o mínimo de 60% dos pontos, no somatório total das 04 disciplinas, e não obtiver nota inferior ao equivalente a 20% dos pontos, em qualquer uma das disciplinas.

Prova oral

A Prova Oral, de caráter eliminatório e classificatório, será realizada em Belo Horizonte, em data a ser divulgada quando da publicação do Resultado Final da fase anterior.

Somente serão convocados para a Prova Oral os 186 candidatos de melhor pontuação, somando-se os pontos obtidos nas Provas Objetiva e Dissertativa, dentre estes já incluídos os 19 candidatos com deficiência. Todos os candidatos de mesma nota da posição 167º para os candidatos de ampla concorrência, e da posição 19º para os candidatos com deficiência serão convocados para se submeterem à Prova Oral.

Os locais e horário de realização da Prova Oral estarão disponíveis para consulta na internet no mínimo 05 dias antes da data de sua realização, nos endereços eletrônicos www.acadepol.policiacivil.mg.gov.br e www.fumarc.com.br, bem como disponibilizados no Quadro de Avisos disposto no hall principal da sede da ACADEPOL

As Provas Orais serão realizadas em conformidade com os respectivos programas e se constituirão de questões que demonstrem conhecimento jurídico e segurança na exposição, referentes às seguintes matérias:

a) Direito Administrativo.
b) Direito Constitucional.
c) Direito Penal.
d) Direito Processual Penal.

Não será permitida qualquer espécie de consulta, devendo o examinador que pretender do candidato comentário sobre dispositivo de lei, apresentar-lhe o respectivo texto de legislação.

Nas Provas Orais, a avaliação, para cada disciplina, variará de 0 a 10 pontos, e serão considerados o domínio do
conhecimento jurídico, a articulação do raciocínio, a capacidade de argumentação e o uso correto do vernáculo durante a exposição.

Será considerado aprovado o candidato que obtiver o mínimo de 60% dos pontos, no somatório total das 04 matérias. O candidato que obtiver nota inferior ao equivalente a 20% dos pontos, em qualquer uma das matérias, será considerado reprovado, ainda que no somatório final da nota, obtenha índice igual ou superior a 60%
das respostas corretas.

Avaliação de Títulos

Somente serão julgados os títulos dos candidatos aprovados em todas as etapas anteriores.

O candidato deverá apresentar os títulos comprobatórios de seus conhecimentos jurídicos, quando da realização da Prova Oral, em data oportunamente publicada nos portais oficiais, bem como disponibilizada no Quadro de Avisos disposto no hall principal da sede da ACADEPOL.

A prova de Títulos terá caráter classificatório e terá valor máximo de 05 pontos.

Constituirão Títulos, para esse efeito, observados os seguintes critérios:

a) documento comprobatório de aprovação em concurso público para Juiz de Direito Estadual ou Federal, Procurador da República, Promotor de Justiça dos Estados e ou Distrito Federal, Delegado de Polícia (Federal ou Estadual/Distrito Federal), Defensor Público, Advogado da União ou do Estado: 02 pontos;

b) diploma de Curso Superior, excetuado o de Bacharel em Direito, expedido por estabelecimento de ensino oficial ou reconhecido: 02 pontos;

c) diploma de Curso de Especialização em Criminologia, expedido por estabelecimento de ensino oficial ou reconhecido: 02 pontos;

d) diploma de curso jurídico de pós-graduação, expedido por estabelecimento de ensino oficial ou reconhecido a saber:
lato sensu – Especialização: 02 pontos.
stricto sensu – Mestrado: 03 pontos.
stricto sensu – Doutorado: 04 pontos.

e) certificado de conclusão de curso de natureza policial da Academia de Polícia Civil de Minas Gerais, ou congênere, com carga horária igual ou superior a 80 horas/aula: 01ponto para cada curso de natureza policial diferente, até o limite de 03 pontos.

Quer saber tudo sobre concursos previstos?
Confira nossos artigos!

Cursos e Assinaturas

assinatura carreira jurídica

Assinatura Jurídica

Conheça os planos

Prepare-se com o melhor material e com quem mais aprova em concursos de Procuradorias em todo o país.

Informações sobre o edital Delegado MG

Data prevista: 19/12/2021
Vagas: 62
Lotações: Minas Gerais
Remuneração inicial: R$ 12.967,43
Banca: FUMARC
►Requisitos
: Ensino Superior completo em Direito
►Edital: 
Edital 2021

0 Shares:
Você pode gostar também